higiene na cozinha

Você é uma pessoa visceralmente ligada em cozinhar? Que ama pilotar panelas? Salpicar temperos? Amassar o pão que os convivas vão comer? Então você é dos nossos! Você é o maior sucesso! Ou melhor:será mesmo?

Pode-se dizer que uma pessoa só é um sucesso na cozinha, residencial ou de restaurante, se, além de dominar a arte da gastronomia, conhecer a ciência da higiene. Sucesso não se mede apenas com o respeito dos amigos, clientes, enfim, dos consumidores. Ser bem sucedido implica em alinhar lucro e serviço honesto. E um serviço de gastronomia honesto, você sabe, tem que contemplar higienização da melhor qualidade.

A higiene na cozinha é fundamental para impedir diversas contaminações e riscos à saúde dos consumidores. Isso sem mencionar a possibilidade de, no caso de um vacilo em relação à higiene do restaurante, o proprietário ser multado ou até mesmo ter o estabelecimento fechado após vistoria da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Não se engane: comidas mal armazenadas ou utensílios sujos já são motivos para que o um restaurante feche. Por essas e outras razões que é importante higienizar o local de forma correta e diariamente. 

Preparamos um material com 6 dicas para que você possa aplicar em seu restaurante ou na própria casa e ter os cuidados essenciais para manter sua cozinha sempre limpa e higienizada.


1. Disponibilize álcool em gel
Álcool em gel

Um cozinheiro deve estar com a higiene sempre em dia, principalmente nas mãos. É importante mantê-las limpas para não contaminar nenhum alimento com bactérias ou sujeiras invisíveis ao olho humano.

O recomendado, além de lavar as mãos com sabão neutro, é disponibilizar álcool em gel para limpar e evitar problemas com bactérias. E, essa dica não serve apenas para os cozinheiros do estabelecimento, mas para todas as pessoas que frequentam ou trabalham no local. 


2. Vista uniformes  

É essencial que todos os colaboradores, desde os cozinheiros até os atendentes, utilizem uniformes, como sapatos, aventais, vestimentas limpas. Isso contribui para uma padronização e mostra o empenho na higienização do local, afinal de nada adianta ter uma cozinha limpa se os consumidores visualizam profissionais com vestimentas sujas ou mal lavadas.

Na hora de cozinhar, não se esqueça de utilizar toucas, máscaras e luvas para manusear os alimentos. Isso auxilia para que nenhum cabelo ou sujeira entre em contato direto com a comida.


3. Use utensílios adequados
utensílios de cozinha

Evite utilizar utensílios de madeira em sua cozinha. Esses itens, como tábuas, colheres e espátulas, têm uma tendência maior para acumular bactérias, mesmo após a lavagem.

Invista em utensílios com materiais atóxicos, como inox, cerâmica, vidro, silicone e nylon. Além de facilitar a limpeza, eles não acumulam tantas bactérias.


4.    Redobre a atenção com a esponja

Sim, o item que você usa para lavar equipamentos e utensílios pode ser uma das principais causas da transmissão de bactérias aos alimentos. Devido à umidade e ao acúmulo de alimentos após a limpeza de utensílios, a esponja malcuidada favorece a proliferação de bactérias.

A dica para higienizar esse item é deixá-lo imerso em uma solução com cloro de 5 à 10 minutos. Feito isso, enxague-a com água filtrada e deixe secar em um local arejado.


5.    Saiba lavar alimentos com agentes bactericidas

Recomenda-se lavar os alimentos, como folhas, frutas e legumes, em água corrente e depois imergi-los em uma solução clorada. Enxágue com água filtrada antes de começar a preparação dos pratos.

Hidrosteril, clorin e água sanitária (existe uma versão específica para essa finalidade) são alguns dos muitos produtos que podem ser utilizados para higienizar os alimentos.


6.    Armazene corretamente os alimentos
comida armazenada na geladeira

A maneira como o alimento é armazenado pode influenciar diretamente na sua qualidade e no tempo de vida. É fundamental que alimentos perecíveis sejam armazenados em locais como geladeiras ou freezers, ou seja, longe de exposição à temperatura ambiente.

No caso das frutas, legumes e verduras, o recomendado é que sejam lavados em água corrente e cloro antes de serem armazenados. Deixe-os em potes lacrados para evitar que a umidade estrague o alimento.


Lembre-se que é muito importante manter a higiene da sua cozinha em dia. Isso contribui diretamente no sucesso do seu negócio e evita problemas com o órgão fiscalizador.