administrar um restaurante

Restaurateur. Assim mesmo, sem o ‘n’. Esse é o título que se dá na França ao sujeito formado profissionalmente para gerenciar restaurantes. Com o tempo, especialmente no Brasil, virou sinônimo de proprietário. O empreendedor que quer usar o termo no seu cartão de visita vai ficar bem na foto, mas possuir um estabelecimento comercial não é tarefa fácil. Ainda mais quando o produto oferecido ao consumidor é umas das necessidades básicas de qualquer ser humano – o alimento.


Administrar um restaurante é considerado, pelos empreendedores em geral, uma das atividades mais complexas que há. A logística para ter alimentos frescos todos os dias se compara em complicação com a legislação para abrir e operar estabelecimentos desse tipo,. Não bastasse isso, há que se lidar com o alto custo em despesas como água, luz, energia e, é claro, os alimentos em si.


No Brasil, aproximadamente, um terço dos bares e restaurantes operam com prejuízo. Você não vai querer ser um restaurateur e fazer parte dessa estatística, certo? Para ajudar você, empreendedor, a administrar um restaurante com sucesso e evitar eventuais problemas, listamos dicas básicas de gestão e divulgação de sua marca.


1) Planejamento
planejamento para restaurante

Ainda não sabe qual alimento deseja oferecer? Já definiu o local que deseja atuar? E o seu público, será para qual classe social e faixa etária?

Após você, empreendedor, definir “Vou abrir o meu próprio restaurante”, muitas dúvidas irão surgir. Não se assuste, é normal. Dedique-se a pesquisar o máximo sobre o seu segmento e colete insumos sobre público, local, tendências e legislação da área que deseja investir para desenvolver estratégias e o planejamento inicial do estabelecimento.


Localização e definição de cardápio

Invista um tempo e busque localizações que vão ao encontro do público que deseja atender. Estima-se, segundo a SEBRAE, que 60% do sucesso do negócio vem da escolha da localização do estabelecimento.


A etapa da pesquisa será fundamental para que conheça as melhores regiões para o seu investimento e, assim, definir o local que abrirá o seu restaurante.


2) Invista em sua equipe

equipe de restaurante

Salário

Não basta ser um bom gestor de finanças, é preciso ser um empreendedor que ofereça aos seus colaboradores, que são a cara da empresa, um salário compatível com o mercado. Sempre esteja atento à concorrência para não estar abaixo do valor oferecido e, assim, não correr o risco de perder uma mão de obra qualificada.


Trabalho em Equipe

Se tornar líder é mais do que ter um cargo alto ou a escritura da planta baixa de um restaurante. Líder é aquele profissional que consegue o respeito de seus liderados pelo exemplo que dá no dia a dia. Seja para a sua empresa o funcionário que ela merece. Conquiste a admiração dos colaboradores e faça com que todos busquem o mesmo objetivo e trabalhem em equipe.


Reuniões com pautas motivacionais e confraternizações aproximam os colaboradores e aumentam o desejo trabalhar pela sua marca.


Treinamentos

O conhecimento transforma vidas. Por isso, invista em seus colaboradores para que possam se sentir valorizados, engajados e munidos de conhecimentos. Não apenas a performance deles no restaurante vai melhorar. Seu estabelecimento vai ganhar presença, melhorar a imagem, crescer aos olhos do público. Ou seja, provavelmente lucrar mais.


3) Legislação
legislação para restaurante

Vigilância Sanitária

Ter um local com higienização e manutenção em dia é fundamental para qualquer estabelecimento comercial, principalmente quando se trata de um restaurante. Ou vai dizer que você gosta de se alimentar em um local que aparenta estar sujo?


A legislação sanitária é extremamente rígida nesse sentido – aliás, obrigação em países que querem ser considerados desenvolvidos. Por isso, busque se aprofundar sobre todas as regras da vigilância e evite que o seu estabelecimento seja reprovado nesse quesito. Higiene é um dos maiores tropeços que um estabelecimento pode sofrer: caiu na rede (web), é peixe. Podre.


Leis municipais

Todo município possui legislação própria. Elas podem estar disponíveis online ou não. Entender as leis vigentes de sua cidade para o segmento de bares e restaurantes é fundamental para andar nos trilhos e acelerar o progresso do estabelecimento.


Leis trabalhistas

As leis trabalhistas estão em processo de mudança, que pode ser rápido ou demorado. Por isso, ficar atento é essencial para evitar riscos de processos. Não vacile: registre seus colaboradores e faça todos os pagamentos de impostos e benefícios corretamente. Ou viva sempre com uma pulga na orelha. Chato, não?


Todo estabelecimento de bares e restaurantes deverá ter uma escala de revezamento ou folga, se o local abrir aos domingos e feriados.


4) Ambiente de trabalho
ambiente de restaurante

Conforto

Proporcionar conforto aos clientes é muito mais do que ter móveis de luxo no estabelecimento. É oferecer às pessoas um amplo espaço para que possam entrar e sair do local sem dificuldades, disponibilizar rampas de acesso e/ou elevadores para atender deficientes físicos e idosos, além de ter um ambiente totalmente climatizado e arejado.


Estética

A decoração de um estabelecimento pode ser tão impactante quanto os pratos oferecidos pelo restaurante. Impactante, aqui, não quer dizer necessariamente barroco, extravagante. Invista no layout de acordo com a cultura de sua marca, capriche na estética, assim a experiência do cliente não ficará apenas na degustação dos produtos ingeridos.


Higiene

Busque sempre deixar o local higienizado. Todo cliente repara se o local possui um ambiente limpo, seja nas mesas ou nos banheiros. É um fator essencial para que futuramente volte a comer no restaurante.


5) Tecnologia
tecnologia em restaurante

Site

É imprescindível, atualmente, que bares e restaurantes estejam presentes na internet para que possam ser localizados pelos clientes.


Invista em sites de fácil utilização e que exalte principalmente campos como: história do estabelecimento, cardápio online – fundamental para que o consumidor decida em sua residência ou local de trabalho o que deseja comer – localização e contato. Um mapa sempre ajuda.


Comandas eletrônicas

Comandas de papel facilitam, e muito, erros no caixa no fim do expediente. Evite isso.


A tecnologia avança todo os dias. Usá-la para facilitar seu serviço é essencial para agilizar processos, além de permitir extrair informações gerenciais por meio da gestão online das comandas.


Softwares especializados em gestão

Assim como a comanda de papel, muitos empreendedores ainda utilizam fichas impressas para o controle administrativo do estabelecimento.


A utilização de softwares de gestão é extremamente importantes para facilitar o dia a dia, permite organizar suas contas e ter acessos à diversos relatórios para análise.


6) Relacionamento com o cliente
pesquisa de satisfação para um restaurante

Pesquisa de satisfação

É importante entender o que o consumidor pensa sobre sua marca. Faça pesquisas de satisfação ou espontâneas para coletar sugestões e reclamações, analisá-las, e, caso entenda ser necessário, aplicar seus resultados e conclusões no restaurante.


7) Marketing
marketing para restaurantes

Google Adwords e SEO

Estar bem rankeado em sites de pesquisas, como o Google, é fundamental para o sucesso do seu restaurante. Invista fortemente na otimização do seu site com técnicas de SEO, além de impulsioná-lo por meio do Google Adwords para estar sempre na primeira página da pesquisa do seu consumidor.


Redes Sociais

Nada como navegar na rede social e se deparar com um delicioso e saboroso prato. Por isso, divulgue sua marca nas redes sociais com informações sobre o estabelecimento, atrações e promoções para se aproximar e criar um relacionamento com o seu cliente. Uma foto que dê água na boca – e expresse com honestidade o que é servido na casa -- é meio caminho para levar alguém a frequentar seu restaurante.


8) Gestão financeira do restaurante
financeiro de um restaurante

Cuidado com os custos! Acompanhe atentamente e diariamente os custos do seu negócio. Zele sempre para que os lucros obtidos compensem os investimentos realizados. O controle do orçamento é fundamental para o sucesso do seu restaurante.

Encargos e tributos

Recomenda-se sempre ter em seu quadro de funcionários um profissional especializado que ficará responsável pelos pagamentos de impostos, encargos e tributos. Se possível, contrate também uma consultoria contábil.


Sempre faça os pagamentos em dia e fique atento às mudanças de legislação para evitar problemas na justiça. Multas, juros por atraso, são dinheiro atirado pela janela.


9) Concorrência
análise de concorrência

Analise os concorrentes

Independentemente se o seu negócio está indo bem ou não, é importante estar atento às ações e preços dos concorrentes. Faça uma análise minuciosa e avalie se vale a pena ou não aplicar em seu estabelecimento.


Seja diferente

Entenda quais são os seus diferenciais e demonstre-os, sem medo, aos consumidores. Pesquise tendências no mercado nacional e internacional para estar um passo à frente da concorrência.


10) Conclusão
restaurante em funcionamento

Como você pode observar, ser um empreendedor não é fácil. É necessário usar diversas habilidades estratégicas ou operacionais. O que não quer dizer que seja algo do outro mundo. Na prática, com a equipe correta, você vai ver que tudo vai se encaixando e, então, cada dia que passa você passa a curtir mais e mais o dia a dia de restaurateur.


Aplique essas dicas em seu restaurante e sempre busque se atualizar por meio de cursos, workshops, palestras e muita pesquisa. Entenda que o difícil não é conseguir chegar ao topo e sim permanecer nele. Não perca tempo, venha fazer a Pós-Graduação em Gestão de Bares e Restaurantes da SIACADEMY e faça do seu estabelecimento um grande sucesso.